segunda-feira, 26 de maio de 2008

Em melhor termo


Num passeio em teu sorriso,
sentir tremor de rupturas tectônicas,
me causam calafrios,
em mellhor termo, arrepios.
Em voltas em teu olhar,
encontrar junções do decorrido
e do que ainda não foi vivido,
me traz ansiedade,
em melhor termo, ebriedade.
Caminhar por tuas curvas,
em cruas curvas nuas,
e perceber a ternura da indagação
me traz definição, em melhor termo.


2 comentários:

Anônimo disse...

E disse que não escreveria mais.
Mas escreveu!
Um lindo, doce, terno... breu.
Obrigada pelo belo retorno, em melhor termo.

Maria das Fadas disse...

Em melhor termo!